Buraka Som Sistema do palco do Avante 2014

Fotos cedidas ao programa por PPR.

Orquestra de Jazz do Hot Clube de Portugal – Lisboa na Rua – 4 de Setembro

Fotos por PPR.
Clique na imagem para avançar.

Jack White Full Set Glastonbury 2014 Live on the Pyramid Stage

Report..
Please comment below on Jack White’s set at this years 2014 Glastonbury festival which threatened to be a washout but Jack White bought the sun out on this years festival and was probably the only act worth paying the exorbitant entrance fee to see. The only band in-keeping with Glastonbury’s tradition of alternative music unless of course you consider Lilly Allen and Metallica to be alternative music.. It’s sad to see an event that used to be looked forward to every year turn into a capitalist corporate event where the only interest is the financial exploitation of everyone on site. Now you pay top dollar for a tiny baby sized portion of food that wouldn’t sustain one of these corporate maggots for five minutes. Glastonbury used to attract people from all walks of life, now the only people that attend are those that can afford the insane price of tickets, so once where you used to see all kinds of people the only people you see there now are the middle and upper class twits who think they discovered and now own the place. Good working class people and those unfortunate to find themselves unemployed due to the current financial crisis in the UK due to British jobs all being sent overseas are financially excluded. Such a shame to see this once incredible event going the same way as any other corporate event. Everyone I know that used to go to Glastonbury as regular as clockwork come hell or high water now boycott the event disgusted at the headline acts such as Beyonce and alike in previous years. What do you think?

Renderização do som do Big Bang por John G. Cramer

Renderizando as micro-ondas captadas pela sonda WMA com o programa Mathematica, Cramer chegou a este wav que reproduzimos:

Em baixo versão melhorada – cuidado, os cães serão por ventura bastante sensíveis ao som – com a inclusão vídeo do mapeamento da sonda e notas sobre o resultado.



Links:
The Sound of the Big Bang 2003
As fases do Universo segundo Cramer 2000

Qual será a expressão sonora e visual da criação do Universo?

É um contra-senso, o som é provocado pela vibração das partículas do ar, mas ao nível sub-atómico, partindo dos princípios da mecânica quântica e da imaginação, qual seria o som dos átomos a interagir?

Usando o entanglement para tocar vários sons ao mesmo tempo em vários sítios ao mesmo tempo, mais rápido do que a velocidade da luz, como seria o resultado com os vários delays a interagir? Como seria uma composição a tocar sem linearidade e sentido definido, com vários trechos em partes diferentes a velocidades diferentes, por vezes ao contrário, tudo ao mesmo tempo?

E uma orquestra atómica, em que quando observada pelo público o som produzido teria a forma do desejo do observador?

Qual a expressão sonora e visual da criação do Universo? Como recriar o momento em que muita matéria concentrada num espaço ínfimo foi talvez observada, e a matéria respondeu, estruturando-se no nosso habitat natural, o Cosmos?
Continuando a imaginar, qual a relação do observador com o resultado final?

Pior, como recriar aqueles primeiros segundos e os estados intermédios da sopa cósmica, combinando a luz da cor dos elementos, com a temperatura do som?

Depois do espectáculo preparado para o Bartô Primavera Noises, Spartacus, fica partilhada a base para o próximo trabalho do Negro, projecto musical do autor do programa, aberto a participações.

Deixamos uma provocação visual: