Associação Terapêutica do Ruído & Zaratan apresentam:

WordPress.com
terapiadoruido posted: “CICLO PÓS-GO

ter. 9 Dez. 19h – Producers (pt) + Olle Vikström (se) + Cirera/Zíngaro/Vikström (es/pt/se) @ Ciclo Pós-Go I – Zaratan – LISBOA
(Rua de São Bento, 432 / donativo: 2 euros)
ZARΛTAN é um artist-run space, um lugar de encontro para o pensam”

New post on terapiadoruido.wordpress.com

Associação Terapêutica do Ruído & Zaratan apresentam:
by terapiadoruido

CICLO PÓS-GO

PÓS-Go 1 - final

ter. 9 Dez. 19h – Producers (pt) + Olle Vikström (se) + Cirera/Zíngaro/Vikström (es/pt/se) @ Ciclo Pós-Go IZaratan – LISBOA

(Rua de São Bento, 432 / donativo: 2 euros)

ZARΛTAN é um artist-run space, um lugar de encontro para o pensamento crítico e experimentação artística interdisciplinar. Embora a sua actividade se inscreva sobretudo na área das artes visuais, a ZARΛTAN desenvolve uma pesquisa mais ampla que  estende e entre-cruza diferentes níveis do panorama da arte contemporânea.

Em colaboração com a Associação Terapêutica do Ruído, a Zaratan desenvolverá uma programação musical regular de concertos experimentais, intervenções sonoras e outros ruídos que começou com o Ciclo Pré-Go e que prossegue agora com o Ciclo Pós-Go. Movido pelo desejo de intensificar as relações entre a música e as artes visuais, este ciclo dará continuação a um projecto específico de edições gráficas em parceria com a 1359.

Producers

Fernando Fadigas e Miguel Sá são dois artistas multidisciplinares com intervenções e criações no contexto da arte contemporânea – música, vídeo, teatro e performance – feito com equipas variadas e em diversos espaços e eventos como: Galeria Zé dos Bois, Fundação Calouste Gulbenkian, Museu do Chiado, Experimenta Design, Festival Número-Projecta, Festival Offf, Culturgest, +Olhares Pocket Fest 2007, FinnFest, Out.Fest (Barreiro), Veneer/folheado (Belfast/Lisboa), La Casa Encendida (Madrid), Mor Festival (Dublin) ou Festival IFI (Pontevedra). Em 2001 fundaram a editora, produtora e promotora Variz, que lançou seis álbuns e organizou concertos de muitos artistas internacionais em Portugal, incluindo Chris & Cosey, Cluster, Frank Bretschneider, Fennesz, Jakob Kirkegaard, Kim Cascone, Ikue Mori, Rafael Toral, Sutekh, Cylob, Nova Huta, entre muitos outros. Como Producers editaram em 2001 o álbum “7/10″ pela Fundação Calouste Gulbenkian e entraram nas compilações “Night Mode” (DVD inserido no catálogo Em_Trânsito, Goethe-Institut Lissabon, 2005), “Portugal: A New Sound Portrait” (CD, N_records, 2005), “Sonic Scope” (CD, Grain of Sound, 2004), “Metrómetro” (CD, Variz, 2003), “Air Portugal” (CD, 00351, 2001).

Olle Vikström

O saxofonista sueco Olle Vikström é um dos mais prolíferos artistas da fértil cena europeia de música improvisada. Focando-se principalmente no saxofone barítono, tem vindo a desenvolver um estilo muito próprio em que questiona permanentemente a sua música em busca de mudanças e incertezas. É que se não houverem dúvidas, então não haverá nada para discutir. Nada em que se envolver. Para Olle são as dúvidas que provocam o movimento para um bem maior e não as respostas.

Cirera/Zíngaro/Vikström

Esta será a estreia mundial ao vivo do trio constituído pelo saxofonista catalão Albert Cirera, pelo violinista português Carlos “Zíngaro” e pelo saxofonista sueco Olle Vikstöm.

A larga experiência destes músicos resulta numa mistura de três estilos bem distintos onde camadas sonoras são criadas sem estruturas convencionais. Onde os sons saem com uma grande dose de espontaneidade. Onde as ideias chocam em conjunto e se separam da mesma maneira. Onde nenhum instrumento está à frente e onde nem sequer há frente. Onde ninguém fica para trás.

terapiadoruido | December 8, 2014 at 3:22 PM | URL: http://wp.me/pHIHq-yA