124ª Edição – Entrevista com Maurício Takara e Fábio Costa apresenta a Taina Fest III

NOTA!!! O Podcast está aqui!

post_takaraNa edição de hoje temos a honra de receber M.Takara no programa, trazido por Fábio Costa da Lovers & Lollypops, tendo o contacto sido efectuado através de João Marques da Associação Terapêutica do Ruído. [Um abraço aos terapeutas João M. e Boris N.!]

Antes de mais divulgamos as datas em que o artista actuará por cá:
19/7 à tarde – Taina Fest III – Lisboa
19/7 à noite – Nervo #5 com Baoba Stereo Club – Clube Recreativo Anjos – Lisboa
21/7 – RUC – Coimbra
22/7 – Club de Vila Real – Vila Real
25/7 – Milhões de Festa
[em actualização]

Teremos oportunidade de falar com Maurício sobre o seu percurso musical, trabalho próprio e colaborações, concertos, e abordaremos temas de cultura, identidade e sociedade.

Biografia:

Maurício Takara de S.Paulo é corpo das recentes gerações de artistas brasileiros.
Activo desde o século XX – meados dos anos 90 – é na percussão que se especializa, desenvolvendo também muito trabalho na área da electrónica, programação, sintetizadores e muita experimentação musical.

Apresenta-se nos colectivos Baoba Stereo Club, São Paulo Underground e Hurtmold e a solo como M. Takara [3 quando se faz acompanhar por Rogério Martins (toca em Hurtmold) e Guilherme Valério (em Habitante e Acachapa)].

Colabora com artistas como Otto, Xis, Nação Zumbi, Damo Suzuki, Naná Vasconcelos, Thomas Rohrer, Pharaos Sanders, Coletivo Instituto, entre muitos mais.

“Meu trabalho é confuso, um pouco esquizofrénico, até eu tenho vontade de entender (risos). Tenho minhas bandas que são fixas, o Hurtmold (16 anos já), o São Paulo Underground e meu lance solo, que cada hora toco com uma formação. Um tempo atrás eu comecei a fazer esse live só de electrónico, uma onda bem diferente porque faço muitos shows sozinhos acústicos, com bateria.” [db Abril/2014]

Lançou a solo o primeiro disco em 2003, evoluindo até ao projecto mundotigre, “voltado na descoberta de padrões, texturas e sons em contextos mais voltados à música eletrônica, aos synths, aos sequenciadores e ao minimalismo:
– M.Takara – “mundotigre” – 2014 (Desmonta)
– M.Takara – “EP fantasma” – 2012 (Independente)
– M.Takara 3 – “sobre todas e qualquer coisa” – 2010 (Desmonta)
– M.Takara – “ocupado como gado com nada pra fazer” – 2008 (Desmonta)
– M.Takara – “conta” – 2007 (Desmonta)
– M.Takara – “com chankas e jon” – 2005 (Slag)
– M.Takara – “s/t” – 2004 (Submarine)” [db]

https://soundcloud.com/mtakara
http://www.desmonta.com/#!mtakara/caqx
https://www.facebook.com/hurtmold